Reunião PAC II em Aliança do Tocantins
Publicado em: 04/02/2017 ás 15:25:00 Autor: Ludimilla Sales Fonte: ASCOM-Prefeitura Municipal de Aliança
Os beneficiários das casas populares, do Programa Federal PAC II (Programa de Aceleração do Crescimento), tiveram uma reunião para os devidos esclarecimentos sobre a situação, os procedimentos e, sobretudo, os assuntos referentes aos seus direitos e deveres, foi realizado no sábado, 04 de fevereiro de 2017, às 9hs00min. da manhã, na sede social, em Aliança do Tocantins. Estiveram presentes na reunião o Prefeito Municipal da cidade José Tavares, da 1ª Dama Zulima Monteiro, do Secretário de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Transporte Jonas Nogueira (Joquinha), da Diretora de Gestão e Habitação Maria Wanilde (Vânia), do Assessor de Gabinete Marcivan (Max Sousa), do Engenheiro da Construtora do PAC II (Programa de Aceleração do Crescimento), o Júlio, do Secretário de Finanças e Arrecadações Ricardo Tavares e do Diretor de Gestão de Pagamento Lucas de Oliveira . O Prefeito José Tavares conduziu a reunião orientando as pessoas que foram prestigiadas com o Programa Social, a respeito das modificações das habitações antes da entrega “os moradores não podem alterar o projeto enquanto não for transferida a casa, devemos ficar atentos a respeito da fiscalização que está cada vez mais exigente”, (pontua o Prefeito). Depois a Diretora de Gestão e Habitação, a Vânia, prosseguiu alertando aos residentes cotados para receber o auxílio do governo sobre os seus deveres, “os beneficiários não podem vender ou trocar as residências”, (alerta Vânia). Posteriormente o Engenheiro da Construtora, o Júlio, explicou sobre o que precisa ser feito antes da transferência das casas. “Estou à disposição de todos para esclarecer dúvidas, questionamentos e vistorias na habitação”, frisa o Engenheiro. E conta ainda que, exigiu da obra muito empenho nos procedimentos da pintura “é feita uma demão de selador e uma de tinta”. Em seguida, a Diretora de Gestão e Habitação, a Vânia pediu a cooperação de todos e orientou àqueles que necessitam da ajuda habitacional para fazer a solicitação. As pessoas beneficiadas com o programa social fizeram alguns questionamentos no que se refere aos prosseguimentos da construção das casas populares do PAC II (Programa de Aceleração do Crescimento) e nessa premissa, o Prefeito fez algumas ponderações, “o incentivo das habitações sociais de Aliança, perdura desde 2012, por isso, peço a compreensão de todos para concluir as obras e me prontifico fazer o devido acompanhamento, para proceder melhor às obras”. Logo após, o Engenheiro Júlio disse que, parte da infraestrutura de água pode ser solicitada e que em breve serão entregues as residências para a comunidade beneficiária do Programa Social. “Estou com as chaves das casas e caso algum beneficiário queira acompanhar as obras é só me procurar”, (prontifica o Engenheiro Júlio). Nesse contexto, o Prefeito José Tavares disse que, “o morador, desde que esteja em concordância com o projeto, às exigências estabelecidas por lei e com o aval do engenheiro responsável, notar que a casa necessite de adequação, pode proceder da melhor forma possível”. Vale ressaltar sobre as pontuações da Diretora de Gestão e Habitação a respeito da sua pasta “estamos fazendo o melhor, de prontidão para conversar com o Engenheiro Júlio e para acompanhá-lo no diálogo com os beneficiários e nas devidas vistorias”, (pronuncia a Diretora). É importante lembrar que, a Diretora de Gestão e Habitação, a Vânia contou que fez um levantamento e notou muitos desempregados, pessoas que precisam de uma reavaliação mais minuciosa, e conta ainda que precisou negociar para atender a demanda “todas as revindicações são repassadas para o Secretário Joquinha” e esclareceu ainda que, constatou com o responsável da SANEATINS, o Marcelo, “a ligação da água tem um padrão a ser estabelecido” e orientou que, “ele vai procurar cada um.” A seguir, relatou que “durante o período de 10 anos não pode trocar ou vender, de acordo com a lei 528”, (alerta a Diretora Vânia). Vale rememorar que, o Secretário de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Transporte, o Joquinha, se comprometeu em fazer o acompanhamento e, contudo, fiscalizar o programa federal para ter um respaldo favorável para o desenvolvimento das obras habitacionais. Por fim, foram mencionados os nomes de cada beneficiário e repassadas as informações para as pessoas do Projeto das Casas do PAC II (Programa de Aceleração do Crescimento).
Notícias relacionadas